"É uma vontade de não querer ter pensamento, um desejo de nunca ter sido nada, um desespero consciente de todas as células do corpo e da alma. É o sentimento súbito de se estar enclausurado na cela infinita. Para onde pensar em fugir, se só a cela é tudo?"

Bernardo Soares/Fernando Pessoa; in Livro do Desassossego (via crystaldisorder)

(Source: eu-sem-poesia, via nessun-o)